anchor

Rostos do Mundo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Carlos Romano / Angola / Pintura sobre tela

A intervenção artística de Carlos Romano no festival Next Stop, intitulada ‘Rostos do Mundo’, será composta por seis rostos e seis poemas alusivos às personalidades escolhidas. Os rostos estarão distribuídos num contexto narrativo e cronológico e expostos num dos corredores das entradas do metro do Intendente. Três rostos e três poemas em cada lado: num deles, personalidades que fizeram algo marcante na zona do Intendente até ao século XX; no outro, três figuras que expressam o êxodo migratório vindo de África, da Ásia e da América a partir do século XX.

O estilo pictórico escolhido é uma técnica realista e contemporânea, tirando partido da alegoria das cores e da multietnicidade característica do local.

Concepção e criação artística: Carlos Romano

Bio

Carlos Romano é um artista que tem vindo a desenvolver trabalhos em várias correntes artísticas tais como a Pintura, Escultura, Música, Dança, Filosofia, Poesia e Escrita.

Na dança, desenvolve um estilo afro contemporâneo, onde vai buscar a musicalidade e o folclore da África Este, Mali e Senegal, que funde com a dança moderna e urbana.

Já leccionou em Portugal, Angola e Reino Unido, e participou em diversos festivais.

Na pintura e escultura, regista um estilo bastante figurativo e singular, onde procura intrinsecamente figurar sentimentos e emoções.

Participa, em 2017, na feira internacional de arte ArtBasel, na Suíça, e, em Março de 2018, na Armory Show, em Nova Iorque. Em Abril de 2018 apresenta a sua vernissage intitulada “Embrya” na galeria ADAO.

Esteve em solitude durante sete anos criando vários projectos de matriz singular que são apresentados ao público brevemente. Está a desenvolver um ensaio sobre filosofia  intitulado “Afrophilia”.

anchor